ROUPA VELHA DE NATAL

Cara leitora,

Apesar de divulgarmos que o Mily1idéias não é um site de variedades, às vezes, por oportunidade ou força da ocasião, nos permitimos alguns artiguinhos que fogem da proposta original, mas que visam ajudar, de alguma forma, nossos leitores. Sendo assim, vamos falar um pouco sobre “roupa velha”. Não aquela roupa antiga, que não serve mais, mas sim, das deliciosas sobras da ceia de Natal!

Nem parece que foi ontem e já estamos de novo na cozinha. A ceia de Natal que deliciou toda a família, deixou muitas sobras. Ainda acostumadas com a fartura, muitas vezes pecamos pelo excesso, preferindo deixar sobrar do que faltar. Mas o que vamos fazer com essas sobras no almoço do dia 25? . Que tal transformá-las em novas delícias? O que vamos sugerir não é nada novo, mas vai fazer a diferença, se voce estiver sem idéias.


As sobras das carnes – aves, bovinas e suínas – ficam renovadas se desfiadas e refogadas com muita cebola e pimentão – amarelo, verde e vermelho.  Desfie toda a carne e reserve. Em uma frigideira grande, frite a cebola e o pimentão previamente fatiados, em margarina e deixe murchar. Em seguida, acrescente a carne desfiada. Dilua um dadinho de caldo de carne em um copo de água fervente e acrescente. Mexa e deixe cozinhar. Para quem gosta de um tempero mais forte, vinagre ou mostarda podem ser adicionados. Se quiser, acrescente passas ou frutas cristalizadas para um paladar mais doce ou alcaparras e azeitonas, se preferir mais salgado. Sirva quente ou frio – fica uma delícia com salada ou no pão.

Com as frutas que sobraram, faça uma torta de forno bem simples. Unte uma forma com margarina e farinha e reserve. Bata 2 xicaras de chá de açúcar e 2 ovos até formar um creme homogêno. Corte as frutas em pedacinhos, sem descartar o suco. Junte os pedaços de frutas e o suco ao creme e mexa delicadamente. À essa mistura, acrescente ainda 2 xícaras de chá de farinha de trigo com fermento e 1 xícara de café de óleo. Misture, despeje na forma untada e asse por 40 minutos.

Reuse ou reutilize – é correto, está na moda e é gostoso!

Anúncios

DECORAÇÃO PARA A CEIA DE NATAL

Chegou o fim do ano e começam os preparativos para a decoração da casa e da mesa da ceia de natal. Algumas coisas são básicas para o Natal e qualquer pessoa pode fazer uma decoração para a sua casa sem medo de errar. Como as cores, por exemplo, o verde e o vermelho são tradicionais e em qualquer circunstância estarão corretos. O verde simboliza renovação, regeneração e esperança e o vermelho fogo, poder e amor divino. Outra opção também bastante utilizada é a aplicação do dourado que está associado ao sol, luz e a sabedoria. Pensando na mesa da ceia, o visual vai se caracterizar  pelos padrões e texturas escolhidos: toalhas bordadas vistosas, louças decoradas, velas grandes, douradas e vermelhas, castiçais, arranjos de flores, argolas de guardanapo feitas com grandes fitas e laços brilhantes, figuras de Natal  – anjos, estrelas, bonecos do Papai Noel –  espalhados por toda a mesa são alguns pormenores que não devem ser esquecidos.

Um arranjo de flores vermelhas –  flor do natal ou antúrios vermelho – também se encaixa perfeitamente. Se preferir castiçais, escolha aqueles que não atrapalhem a visão entre os convidados sentados à mesa e que combinem com o restante da decoração. Se usar velas novas, mesmo que não as ascenda no jantar, queime a ponta do pavio de cada uma, dando a entender que já foram acesas – isso torna o ambiente menos artificial e mais intimo.

Pensando nos pratos, os brancos são os mais versáteis, podendo combinar com qualquer que tenha sido a toalha escolhida e você ainda pode usar sousplats coloridos, fazendo o contraste com  a decoração da mesa. Ao escolher os copos, use de preferência taças, pois a ocasião merece este detalhe de requinte, mesmo que a refeição seja envolvida num clima de descontração. Talheres dourados vão bem quando a cor ouro for o tema da decoração, combinando com brancos e beges. Se a mesa não tem dourado, ou se esta cor se restringe aos arranjos, talheres de inox ou de prata se tornam a melhor opção. Use de preferência  guardanapos de pano, que devem  ter a mesma cor da toalha de mesa. Podem ter estampas ou desenhos natalinos. Se optar pelos de papel, escolha os de tamanho grande, duplos e de papel bem suave. Coloque-os em porta guardanapos de prata ou inox, para destacá-los bem.

O gostoso é que o Natal é uma festa de todos e a decoração natalina não tem classe social. O mais importante é a confraternização familiar em um ambiente decorado com amor.